Follow your heart

quinta-feira, outubro 06, 2011

"Lembrar-me que inevitavelmente terei que morrer é a mais importante ferramenta que eu alguma vez encontrei para me ajudar a fazer as grandes escolhas na vida. Porque praticamente tudo - todas as nossas expectativas externas, todo o nosso orgulho, todo o nosso medo do embaraço ou fracasso - todas estas coisas simplesmente caem em face da morte, deixando apenas aquilo que é realmente importante. Lembrares-te que mais cedo ou mais tarde vais morrer é a melhor forma que eu conheço de evitar a armadilha de que temos alguma coisa a perder. Nós já estamos nús. Não existe nenhuma razão para não seguirmos o nosso coração."


Steve Jobs






Nós não temos nada, pela simples razão de que somos efémeros. Mais efémeros que as paredes de betão que nos acolhem ou as árvores que nos dão sombra. Não temos nada - o mundo tem-nos a nós temporariamente a habitá-lo. E esquecemo-nos disto todos os dias, enlaçados numa existência metódica e pouco profunda. Pouco arriscada, porque nos preocupamos demais. Com consequências, com o que dizem de nós, com o embaraço, fracasso que as nossas acções podem provocar. A perspectiva da morte, tão perto, pode dar-nos o empurrão que precisamos para viver. Para nos tirar um peso dos ombros. Podemos fazer merda, podemos errar, tentar outra vez, desistir, vencer, desde que seja isso que nos faça felizes no momento. A morte faz-nos seguir o coração, é preciso ouvi-lo de uma vez antes que a dita cuja faça a visita final.

Rest in peace, Steve. Seguiste o teu coração, tocaste-nos, e inspiraste-nos, até ao teu momento final.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal