The Sound of Silence

terça-feira, outubro 18, 2011

"Hello darkness, my old friend,
I've come to talk with you again,
Because a vision softly creeping,
Left its seeds while I was sleeping,
And the vision that was planted in my brain
Still remains
Within the sound of silence."


Simon & Garfunkel - The Sound of Silence



Pensamentos obscuros assaltam-me e não sei como cá vieram parar. Não tenho a mente assim tão conspurcada a ponto de a escuridão me toldar as ideias. Ultimamente tenho estado tão pessimista que não me reconheço. Fui eu que mudei ou foram as circunstâncias? Olho à minha volta e só vejo tristeza e desilusão nos olhares. Mas o olhar mais triste de todos é aquele que vejo ao espelho. 26 anos de vida e o peso de 100. Enquanto durmo, alguém ou alguma coisa tem de cá vir implementar estas coisas obscuras que me atormentam durante o dia. Não vejo outra explicação. E continuo, todo o dia, a esconder-me no som do silêncio, o único que é doce para mim - quanto todos se calam e ninguém fala comigo.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal