Geraldine

quarta-feira, fevereiro 18, 2009


"When your sparkle evades your soul
I'll be at your side to console
When your standing on the window ledge
I'll talk you back, back from the edge
I will turn, I will turn your tide
Be your Sheppard, I swear be your guide
When you're lost in the deep and darkest place around
May my words walk you home safe and sound
When you say that I'm no good and you feel like walking
I need to make sure you know that's just the prescription talking"

Glasvegas - "Geraldine"
(2008)

Andam por aí anjos da guarda que tomam a nossa vida como se fosse mais valiosa que a sua própria jornada por esse mundo. Andam por aí anjos que se importam, que se questionam, que carregam cruzes por nós, que fariam tudo ao seu alcance para nos aliviar a dor.
Há por aí anjos que sabem sempre o que nos sussurrar ao ouvido, as palavras certas a dizer, as atitudes correctas a tomar. Eles andam aí, à beira dos precipícios, convencendo-nos a dar um passo atrás, para a segurança, onde um dia já estivemos.
Sim, andam aí, são os nossos guias, invisíveis ou não, pucham-nos pela mão, ou pelo nosso lado sombrio, de forma a tornarem-no mais claro e puro.
Os anjos da guarda andam por aí. Fazendo questão de nos ver chegar a casa, sãos e salvos, para depois sim, repousarem descansados.
Pena que não lhes dou ouvidos.

Também deves gostar disto

1 comentários

  1. Oh, este post faz-me lembrar a música da Mónica Sintra... :(

    E tu não dás ouvidos a ninguém, sejam anjos ou não! Mas és fixezinha na mesma :p

    ResponderEliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal