Bolas de Sabão

terça-feira, agosto 02, 2011

"O costume português é deixar-se tudo em palavras, mas palavras que são bolas de sabão deitadas ao ar para distrair pequeninos de seis anos."

Florbela Espanca - in Correspondência (1920)

Já o era há quase um século atrás, e continua a sê-lo. O nosso país é uma afronta à inteligência de quem o habita. Os nossos líderes são-no apenas de nome. As suas palavras, não são proferidas para as entendermos, mas antes para ficarmos a pensar nelas, desistindo ao fim de pouco tempo. Não se fala com clareza, não se explica - impõe-se, sem ter consideração pelo homem comum. Querem entreter-nos, mandar areia para os olhos, bolas de sabão para o ar, como se nunca atingíssemos o estado adulto. Sempre fomos, e sempre seremos, um país de coitadinhos.
 

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal