Sonhos marados #21 - o colega que era a colega

sexta-feira, agosto 05, 2016

Estava eu no ginásio a vestir-me rapidamente depois de um treino, e quando saio vou para o meu meio de transporte (que no sonho é um camião da fruta). Estaciono o camião ao pé de casa, e quando subo e pego no telemóvel para fazer um telefonema reparo que o telemóvel não é o meu. Depressa percebo que só pode ter sido trocado com o de alguém no balneário do ginásio.

Ligo o telemóvel e aparece o nome do dono - João Gouveia. Reconheço o nome, vejo as fotos e confirmo - é um colega meu que conheço de vista. Começo a indagar-me como é que o telemóvel do João pode ter sido trocado no balneário das gajas. Quis ligar para o meu próprio telemóvel ou para o ginásio, mas deu-me uma branca e não me lembrava de nenhum número. Claro que também estava sem internet e não podia verificar online.

Voltei ao camião da fruta e decidi voltar ao ginásio. Fui ao balneário feminino na esperança de ver o telemóvel e dei de caras com o João Gouveia pronto para ir para o duche, nuzinho, mas com uma peruca aos caracóis. Os meus olhos desviaram-se para o entre-pernas e não é que o João tinha uma vagina?

Ele suspirou, disse que se apercebeu da troca de telemóveis antes de ir treinar e que mo guardou. Também me revelou em confidência que era uma mulher transexual à espera de operação, e para eu não contar a ninguém. Na hora de ir a locais onde tinha de tirar a roupa, punha a peruca e voltava a ser mulher, por causa do preconceito e dos olhares que recebia.

Claro que lhe prometi segredo e reavi o meu telemóvel. Hoje de manhã vi o colega e estive quase a dar-lhe uma piscadela de olho cúmplice, antes de me lembrar que tinha sido só um sonho. Mesmo assim não pude deixar de reparar nas suas faces com algo de feminino...


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal