Bloodline

quinta-feira, julho 17, 2008

I'll kill you and your dreams tonight
Begin new life
Bleed your death upon me
Let your bloodline feed my youth

I am the first not the last
Condemned by a single kiss
Betrayed eternally
I'll rip inside your soul
Contaminating the world
Defying god and son
Black heart that brings your death
Living in infamy

Drink the flesh of life itself
Prepare to reign a thousand years

"Bloodline" - Slayer
in God Hates Us All (2001)



Tudo tem um fim. Incluindo cada um de nós. Um dia, numa hora, estaremos debaixo da terra, queimados em cinzas, ou simplesmente a apodrecer num qualquer lugar do mundo.
Se pensássemos bem no assunto, talvez a "fonte da vida" já tivesse sido encontrada. O elixir da juventude. Mas evitamos. Continuamos na nossa vidinha, preocupados com "coisinhas" sem sentido nenhum. Desperdiçamos cada segundo a pensar não no nosso bem-estar, mas no futuro, em garantir algo que nunca vai estar garantido.
Aqui fica uma novidade para muitos: batalhar não serve de nada. É apenas um alimento inútil para a esperança.
A vida eterna não é ganha a pensar no dia de amanhã. É ganha absorvendo tudo o que nos rodeia. E os outros, absorvendo-nos, garantirão a nossa vida eterna. Odores, imagens, cores, palavras, texturas, sangue, suor e lágrimas.
E viveremos, por milhares de anos, através dos tempos.

Também deves gostar disto

1 comentários

  1. Concordo inteiramente :) Não digo que o futuro não me preocupa, por vezes, mas faz-me confusão aquela gente que vive para viver no futuro limitando-se a passar os dias do presente a pensar nisso...

    ResponderEliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal