Mulheres

domingo, outubro 26, 2008


"Já sei muito. Sei uma coisa. Sei que não são os vestidos que fazem as mulheres mais ou menos bonitas, nem os cuidados de beleza, nem o preço dos cremes, nem a raridade, o preço dos enfeites. Sei que o problema está algures. Não sei onde. Sei só que não está onde as mulheres julgam."

in O Amante, de Marguerite Duras (1985)

Tenho sempre dificuldade em escrever sobre mulheres, apesar de ser uma.
Raça fora do comum, espécie difícil, força rara, beleza sobrenatural.
Insatisfação.
Medo da mediocridade.
O querer mais.
Acredito que a força das mulheres é suprema, e que são capazes de aguentar o mais forte dos choques frontais, laterais, bilaterais, ou colaterais.
Sei que as mulheres se desdobram em mil, têm ombros tão largos que suportam amparar dezenas de almas.
Tenho a certeza que a beleza existe em cada ínfima parte de nós.

E no entanto...

Vazio. Desespero. Tédio. Medo. Solidão. Incerteza. Dor. Insegurança. Insatisfação. Inferioridade. Complexos. Vergonha. Inércia. Azar. Dúvida. Inconstância. Ambiguidade. Afastamento.

E também não sei onde está o problema.

Também deves gostar disto

1 comentários

  1. De facto as mulheres são um bicho muito complicado :P

    Porém penso que não se pode generalizar à escala mundial, cada mulher é um caso... :)

    ResponderEliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal