Parece que foi ontem

quarta-feira, maio 28, 2014

No dia 28 de maio de 2010, mais ou menos por esta hora, estava a jantar fora com amigos, num restaurante chinês perto da Baixa lisboeta. O plano era ir a um bar para acabar a noite, e apesar de a comida não nos ter caído muito bem, lá fomos aproveitar o bar aberto de cerveja. Vomitei 4 vezes nessa noite. Apesar de o resto da noite não parecer muito auspicioso, foi nesse momento que conheci o meu namorado. Portanto, a noite em que bati o meu recorde de gregos acabou por mudar por completo o rumo da minha vida. Para melhor.
Ao início fiz-me de esquisita mas o barulho das luzes, as tonturas da budeira e a má disposição do chinês não podiam ficar só por aí, por isso deixei-me levar pelo meu cavaleiro andante.

Uma one night stand sem intenções de criar laços levou a uma relação que completa hoje quatro anos. Só posso acreditar que as pessoas certas aparecem quando menos se procura, nos sítios mais inesperados e nas situações mais adversas. E se ele não se importou que eu cheirasse a vómito, podia estar ali o homem da minha vida, era de aproveitar.

Só tenho a agradecer ter encontrado a pessoa. Com altos e baixos, discussões, insultos, porrada, lá nos vamos entendendo e oferecendo companheirismo um ao outro, como em mais nenhum lugar encontrei. E uma relação que começou numa noite de recorde de vómito não pode acabar mal. Obrigada meu fofo!


Também deves gostar disto

1 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal