A já conhecida bipolaridade sensível deste povo

quarta-feira, agosto 20, 2014

O assunto do momento é a polémica que envolve o ator Pepê Rapazote por ter feito uma piada em direto para a RTP, em que basicamente diz que o prémio que o telespectador ganhar pode ser gasto como este quiser, inclusive em droga, se o dealer tiver multibanco. Foi o melhor momento televisivo do ator? Não, já o vi a fazer trabalhos decentes em filmes, teatro e até telenovelas e para se submeter a apresentar um programa como o Verão Total é porque deve estar muito necessitado de dinheiro (para droga, quem sabe?) ou está a viver alguma crise de identidade.
Em qualquer outro sítio do mundo acredito que o telespectador comum rir-se-ia deste momento, ou passar-lhe-ia ao lado. Mas aqui neste país de puritanos é o escândalo. Não se pode dizer "droga" em direto na televisão pública... que blasfémia! Aposto até que alguém, algures, disse: "Se o Salazar fosse vivo isto não acontecia!".

Ó meus amigos. Se estão preocupados com este minuto de televisão, é porque o que está errado é a vossa vida sem conteúdo ou sentido. Querem preocupar-se com um problema sério? Preocupem-se que o vosso dinheiro esteja a ser gasto para transmitir touradas. A vossa querida contribuição audiovisual para manter o canal público activo serve para despejarem uns animais ali numa arena, e também uns touros, e maltratar estes últimos no espectáculo mais bárbaro que este povozinho ainda insiste em aplaudir.

Querem revoltar-se? Querem levantar a voz? Levantem-na contra quem permite que um animal morra em agonia perante os olhares de milhares de bestas estúpidas que acham graça a esta vergonha. Dizer uma piada sobre drogas em direto na RTP é mesmo a polémica do momento, não é? Curem-se.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal