Pessoas estranhas #26 - a quase esbardalhada mal-agradecida

terça-feira, setembro 06, 2016

Ia a descer as escadas da estação de comboios em hora de ponta quando sinto uma mão forte no ombro. Apercebo-me que é uma senhora dos seus 40 e tal anos cuja sabrina se tinha descalçado, desequilibrou-se e segurou-se em mim. Parei enquanto ela se equilibrava, assim como outras pessoas à volta, que aquilo em hora de ponta é-se abalroado escadas abaixo caso não se tenha cuidado.

Perguntei: "está bem?". E a ranhosa da mulher, já calçada, não me responde, empina o queixo e passa por mim como se nada fosse. Epá, não lhe salvei a vida, mas foi um pequeno gesto empático que merecia pelo menos um aceno de cabeça. Espero que lhe aconteça o mesmo amanhã e que se esbardalhe toda escadas abaixo, que isto da falta de educação deveria pagar-se caro.


Também deves gostar disto

4 comentários

  1. Nestes últimos anos têm-se perdido tanta coisa. A educação que se recebeu ficou lá para trás perdida nas areias do tempo (infelizmente).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Puxa, é incrível. Já não há "com licença" e "obrigados" para ninguém.

      Eliminar
  2. Então não se está mesmo a ver que só fizeste a tua obrigação e mais nada? Para pessoas assim, os outros só vieram ao mundo para os servir. Enfim, gente mal-agradecida e com falta de educação é coisa para me deixar cá com uns nervos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que é o mínimo dos mínimos da vida em sociedade... Ainda por cima uma senhora com idade para saber como se comportar.

      Eliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal