Duality

terça-feira, outubro 23, 2007

Put me back together
Or separate the skin from bone
Leave me all the pieces
Then you can leave me alone
Tell me the reality
Is better than the dream
But I found out the hard way
Nothing is what it seems!

Slipknot - "Duality"
in Vol 3: (The Sublimal Verses) (2004)

A vida já é em si uma dualidade, e ainda mais o são os elementos que a constituem. O ser humano é a obra mais dualista de todas, simplesmente porque tem a opção da escolha, e tem plena consciência dela. Onde há escolha, há caos, onde há perguntas, nem sempre existem respostas. E cada um de nós não é fechado ou linear. Encerramos no fundo de nós várias personalidades e personagens, que fomos absorvendo ao longo do tempo, através das pessoas com quem lidamos continuamente ou que contactácmos esporadicamente. Somos uma mistura daquilo que vemos, do que conhecemos, sentimos, tocamos. Somos muito mais do que uma dualidade, é muito mais complicado que isso.
E a maior dualidade de todas surge quando falamos do que é a realidade e do que é a ficção. Mas essa questão fica para outro dia.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal