Welcome Home

segunda-feira, outubro 08, 2007

Welcome to where time stands still
no one leaves and no one will
Moon is full, never seems to change
just labeled mentally deranged

Dream the same thing every night
I see our freedom in my sight
No locked doors, No windows barred
No things to make my brain seem scarred


Metallica, "Welcome Home (Sanitarium)"
in Master of Puppets (1986)



A liberdade é um privilégio de alguns, que souberam como merecê-la.
No entanto, seres humanos vivem aprisionados dentro de si próprios, como se os
olhos tivessem grades e no sangue corresse ferrugem. O mundo não é para todos.

O mundo é dos loucos. E vive um louco em cada gota de sangue enferrujado que
nos sai das veias.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal