Sonhos marados #16 - o ladrão de peúgas

quarta-feira, abril 06, 2016

No sonho eu morava com os meus dois gatos, mas na vivenda da minha avó que faleceu há alguns anos. Um dia, ao acordar, vou à cozinha e estão lá os meus gatos a olhar impávidos e serenos para outro gato, intruso. Era um gato branco e castanho mesclado e tinha uma peúga enfiada na cabeça. Nisto, vai-se embora, como se nada fosse, e tento segui-lo mas o bichano é rápido e perco-o de vista.

No dia seguinte acontece a mesma coisa. Vou à gaveta das peúgas e está quase vazia. Chego à conclusão que o gato é ladrão de peúgas e deve fazer isto frequentemente. Como ele as enfia na cabeça é que não sei. E também não sei como é que os meus gatos de guarda preguiçosos não fazem nada para resolver o assunto. Na manhã seguinte fecho e tranco todas as portas para travar o fofo ladrão.

Levanto-me e lá está ele. O gajo enfia-se pelo meio das minhas pernas, leva-me as chaves de casa que estavam em cima de uma mesa e enfia-se por um buraco na parede (que eu nunca tinha reparado que existia). E assim fiquei trancada em casa, e sem peúgas...


Também deves gostar disto

1 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal