Vozes de gaja #1 - Grace Slick e o coelho branco

quinta-feira, abril 07, 2016


Quem me conhece sabe que tenho uma aversão muito particular e machista - odeio vozes femininas. Não gosto de bandas que tenham mulheres como vocalistas ou sequer de intérpretes individuais de alto gabarito. Não sei se tem algo a ver com o sistema nervoso, mas simplesmente não consigo, começo a ficar com os nervos em franja, tenho suores frios e fico com uma neura que ninguém me atura. Isto é verídico.

Como é tão rara a mulher que eu suporto ouvir, decidi dar início à categoria "vozes de gaja" para homenagear todas as mulheres que são a excepção que confirma a minha estúpida regra. E foi Grace Slick, uma das vozes dos Jefferson Airplane, que me deu esta vontade.

No outro dia deparei-me com a música White Rabbit, de 1967, e mexeu-me cá dentro. Grace tem um olhar hipnotizante e matador, uma voz seca, sincera, com algo de estridente, que lhe vem das entranhas. Isto tudo junto com aquele ambiente psicadélico dos 60's e a letra dedicada à Alice no País das Maravilhas é uma mistura perfeita. E aquele crescendo final é algo de extraordinário que me dá vontade de gritar com ela.

Grace tem hoje 76 anos e está de parabéns porque é uma mulher e eu suporto ouvi-la cantar.

Também deves gostar disto

3 comentários

  1. Inesquecível a prestação musical desta senhora no Festival de Woodstock, registada no filme com o mesmo nome. Grace Slick uma voz que bem merece ser recordada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estive para escolher esse vídeo de Woodstock (fantástico), optei por este pela intensidade do olhar dela, acho inigualável :) Obrigada!

      Eliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal