Casa

sábado, setembro 04, 2010


"É o refúgio de uma mulher que deus ousou criar,
Com o simples e único propósito de me abrigar.
Não vejo a hora de voltar lá para dentro, faz frio cá fora."

Da Weasel & Manel Cruz - "Casa (Vem fazer de Conta)"


Mal consigo descrever. Estou confortável, segura, sinto-me em casa. Uma aura rara paira sobre o meu corpo descansado e abraçado. Pequenos arrepios fechados em mim preenchem as quatro paredes de pedra. Flutuo sem tocar o chão, sem sentir mais nada que não seja a exuberância dos sentidos dispersos pelas gotas de suor vadias. O aperto, a pele quente, o calor a invadir o meu interior, empurram-me brutalmente contra o muro que diz, em letras garrafais, que estou onde queria estar.

Obrigado Cat, por me relembrares esta pérola.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal