Pessoas estranhas #51 - os extremamente sinceros

quarta-feira, março 08, 2017

Sabem aquelas pessoas que numa conversa são capazes de proferir "eu sou sincera" quinhentas vezes? Pois é, irritam-me profundamente.

Quando estou a falar com alguém, parto do princípio de que a outra pessoa está a ser verdadeira, logo, não precisa de estar sempre a dizer "para ser sincera...", "sou-te sincera, isto e aquilo". Se sente necessidade de repetir que é sincera até à exaustão, essa pessoa tem concerteza esqueletos no armário, que é como diz, uma habituação ao mentiredo fora de série.

Ou então é só um tique parvo, muito parvo! Que sentido tem isto?:

- Ai mulher, eu sou-te sincera, comigo ninguém faz farinha!
- Pois, comigo também não, para ser sincera!
- Falando sinceramente, ela irritou-me um bocado quando disse aquilo...
- Eu vi. Sinceramente...

Porquê?? Porquê?? Porquê essa necessidade de afirmação da vossa beleza de espírito imaculado? Credo, que irritação sincera...


Também deves gostar disto

3 comentários

  1. A única vez que exigiram que desse a minha opinião sincera e que eu dei, mesmo, fez a outra pessoa arrepender-se de o ter pedido, porque não era o que queria ouvir. Digo a verdade, sim, mas com cuidado, nomeadamente nas opiniões!

    ResponderEliminar
  2. Eu falo sempre sinceramente, se mo pedirem sai boca fora, se não mo pedirem muitas vezes guardo para mim. Agora, por princípio básico de comunicação entre pessoas, acho que não se tem de dizer constantemente que se está a ser sincero... que irritante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade que sim! Mas para mim pior é aquela pessoa que tem um segredo de outra e patilha com terceiros, com a máxima de começo de frase "eu não vos devia contar isto...." ;-) (a mesma que me pediu para ser totalmente sincera na opinião)

      Eliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal