As coisas que se aprendem #47 - as regras dos Mormons

quinta-feira, setembro 14, 2017

Ontem estava a ver uma série (Room 104) onde um Elder (da religião Mormon) tinha cometido um pecado e sentia-se mal pelo sucedido. Esse pecado foi... beber café. Fiquei estarrecida por haver uma religião que nos mande para o Inferno por isso - já estaríamos todos com a alma condenada.

Então, fui verificar se isto era verdade e descobri algumas das regras e crenças dos Mormons:


  • Não podem consumir bebidas quentes
Na verdade, o café é permitido. Desde que seja à temperatura ambiente. Até pensei que tivessem algo contra a cafeína, já que é considerada viciante, mas não. O problema aqui é a temperatura. Cházinho quente no inverno? Tirem o cavalinho da chuva, isso é bebida do demónio. Toda a gente sabe que o inferno é quente, e eles sabem que o caminho para a felicidade se encontra ali entre os 20 e 25 graus.

  • Não podem nadar
Todos os desportos são mal vistos, mas nadar é aquele pecado que pode mandar as suas almas directamente para o escroto de Satanás, e nadarem lá como um espermatozóide para todo o sempre. Não acredito que estas pessoas não conheçam o prazer de mergulhar no mar ou de percorrer um rio a nado só porque alguém lhes diz. A religião é uma merda.

  • Não têm contacto com a família
Esses rapazolas com pele de bebé a nadar em acne que costumamos ver na rua, vestidos de camisa branca e gravata como se fossem a um baptizado todos os dias; esses rapazinhos que quase acabaram de sair da cona da mãe, não podem contactar com a família durante 2 anos. Esta é considerada uma distracção e os missionários só podem ligar para casa duas vezes - no Natal e no Dia da Mãe. Sad. (Ah, e esta "missão" é completamente paga pelos miúdos - ou pais - a igreja dá-lhes as palmadinhas nas costas, mas dinheiro que é bom chuta para canto.)

  • Aos domingos não se faz nada
Quer dizer, podem ir à igreja. Mas não podem praticar desporto, ver televisão, brincar com os amigos ou trabalhar. Não se queixem, há sempre os livros. Desde que não tenham referências sexuais. É melhor ficarem-se pelo Sudoku.

  • Têm de usar esta roupa interior. Sempre.


  • As mulheres não podem usar tops e manga à cava
Se queres encontrar o caminho para o céu, amiga, trata de tapar esses ombros, esses pedaços de pecado, esses 10 centímetros de pele que nos separam do Paraíso. Não sejas uma putéfia rasca sem princípios.

  • A masturbação é proibida
Há muitas regras e proibições relativas ao sexo, mas afogar o ganso é das piores ofensas que se podem fazer, porque é considerada uma traição ao cônjuge ou futuro cônjuge. Não te conseguirás comprometer e ter uma alma imaculada, perpetuando os valores mormon, se esgalhares o pessegueiro. E pecados sexuais são, aos olhos mormon, piores que assassínio. Aguenta, colhão!

  • Sem métodos contraceptivos
Tens de deixar vir ao mundo toda a criança que Deus quiser! Por isso, se fores muito fértil e fodilhão quem sabe possas ter a benção de ter uns 20 filhos sem ter de ser infiel. Viva! Isto realmente pode afinal ser uma medida contraceptiva, ou melhor, uma maneira de o manter dentro das calças. Aguenta, colhão!

Há tantas coisas - centenas na verdade - que podiam figurar aqui, como a proibição de tatuagens, a obrigação de armazenar comida para três meses, os pelos faciais serem desencorajados, ir para a cama à meia-noite, 10% do ordenado ter de ir para a igreja, mas não vale a pena.

Vale a pena dizer, sim, que toda e qualquer religião é merda. Dizerem-nos o que comer, os desportos que praticamos, o que vestimos, quantos filhos devemos ter, controlarem-nos o corpo, o ordenado, a vida sexual, é completamente errado. Como é que as pessoas se deixam convencer disto? Crer em alguma coisa pode ser aceitável, mas deixarem-nos dizer como viver é doentio. Vivam, porra!

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal