Deixem o gato Luisão em paz!

terça-feira, novembro 24, 2015

O Luisão é um gato velhote que apareceu há cerca de um ano no bairro do meu pai. Não tem orelhas. Algum acéfalo filho da puta as cortou. Não tem um único dente. Sangra da boca. Está sempre a aparecer com feridas - provavelmente é atacado por outros gatos, ou por putos estúpidos. É bastante debilitado, tem medo de quase toda a gente e não faz mal a ninguém. E é lindo.

Desde então o meu pai tem cuidado dele. Deu-lhe o nome em honra do capitão do Benfica. Dá-lhe patés molinhos todos os dias, desfaz comida com um garfo para ele poder comer, deixa-lhe água. Não o pode levar para casa porque se a cadela se passa, ataca o gato e é o fim dele, mas providenciou uma caixa de cartão forrada e mantas, que colocou num canto do prédio junto ao estacionamento.

É nessa caixa que o Luisão está quase o tempo todo, especialmente nos dias frios ou de chuva. E já é a 3ª vez que alguém faz uma denúncia à Câmara para irem tirar de lá a caixa. O meu pai volta a meter outra e o ciclo repete-se.

E eu pergunto-me: não têm mais nada que fazer na vida? Não têm coisas com que se preocupar? Porque é que não despendem essa energia toda em assuntos que vos toquem? Sejam eles a fome, o desemprego, crianças desfavorecidas, idosos isolados, a educação, não me interessa. Há tantas causas em que podem fazer a diferença, e importam-se com a merda duma caixa de cartão que estraga o ambiente do bairro?

Se não querem ajudar, deixem o bicho viver o tempo que lhe resta em paz. Não atrapalhem. Não dificultem. Se não querem ter uma caixa de cartão a um canto, que tentem arranjar uma casa para ele. Ou ganhem colhões e falem com o meu pai. Não se escondam por trás de um telefonema cobarde que prejudica um ser vivo debilitado que não vos faz mal algum.

Por enquanto, deixem o Luisão em paz. Imaginem-se velhos, sem casa, doentes, constantemente a ser atacados, e ainda por cima tirarem-vos os poucos pertences que têm. Tenham respeito.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal