As coisas que se aprendem #9 - o miúdo que matou 75 pessoas sem querer

quarta-feira, janeiro 13, 2016

No dia 23 de Março de 1994, num voo que ligava Moscovo a Hong-Kong, o piloto do avião deixou que os filhos entrassem no cockpit. O filho mais velho desligou sem querer o piloto automático, o que fez com que o Airbus A310 caísse num voo picado e se despenhasse numa montanha, levando à morte das 75 pessoas a bordo.

Nunca tinha ouvido falar disto, e deve ser dos acidentes aéreos mais bizarros da História. Pelos vistos, a companhia aérea tentou em vão esconder a presença das crianças no cockpit, pois era proibido. Demorou quase um mês até ter vazado a informação de que os corpos das crianças lá foram encontrados, e também o registo da gravação de vozes que provavam a sua presença.

Desde então foram criados mecanismos de segurança para impedir acidentes do género e as regras foram mais apertadas. Pilotar avião não é brincadeira de criança...




Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal