Quem disse que ser vegan não puxa carroça?

sábado, agosto 13, 2016

"Ah e tal, é necessária proteína animal para a manutenção e crescimento muscular..." - diz quem não percebe nada disto, ou quem simplesmente só está bem a maldizer as opções dos outros sem se informar convenientemente. Como em todos os tipos de dietas, o que é preciso é escolher os alimentos adequadamente e aconselhar-se junto de quem sabe (médicos, nutricionistas, atletas...) para progredir e ter saúde.

Ora aqui este amigo das fotos em baixo é o Kendrick Farris, halterofilista americano de 30 anos presente nos Jogos Olímpicos (o único halterofilista homem dos Estados Unidos presente nesta edição), e sim, é vegan. Aqueles músculos não se devem a comer frango. Pelos vistos, Kendrick apaixonou-se por outros alimentos ricos em proteína, como feijão preto, que insere em quase todas as refeições. E desde que se tornou vegan, até subiu uma categoria de peso e detém o recorde americano de levantamento de peso, ganho no apuramento para o Rio 2016. Eu diria que ele consegue "puxar carroça".

Eu não sou vegan (assim o aspiro, mas por enquanto "só" excluí a carne da minha vida) mas mesmo assim lido diariamente com bocas e comentários estúpidos. O que é engraçado, porque depois perguntam-me como consegui eliminar a gordura corporal tão rapidamente enquanto me lançam mau olhado.

Obrigado Kendrick, e a todos os outros atletas vegan e vegetarianos, que ajudam a desmistificar algumas mentiras impostas pelos interesses económicos; e por proteger o meio ambiente e os animais, todos os dias. Mais sobre a sua história aqui.




Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal