Força Paralímpicos! (ou como fazer omoletes sem ovos)

quinta-feira, setembro 08, 2016

Começa hoje a competição. Os Paralímpicos vão representar Portugal, dar tudo de quinas ao peito, trabalhar para trazer medalhas e orgulhos, tal como os atletas olímpicos fizeram, tal como os futebolistas fizeram. Então, porque é que tudo o resto é tão desigual?

Recentemente, Marcelo Rebelo de Sousa reforçou a importância dos Paralímpicos e que o objectivo é a igualdade entre todos os atletas, mas a realidade é outra. Não falemos do futebol porque os valores e as condições para a sua prática são de um mundo à parte. Se a discussão se levantou sobre os nossos atletas não terem condições para competirem em pé de igualdade com o resto do mundo, o que dizer dos que praticam desporto adaptado?

No máximo, um atleta paralímpico de nível 1 recebe 530€ por mês. Isto para um atleta medalhado recentemente, o que corresponde a uma pequena parte dos nossos atletas. Portanto, um atleta paralímpico de topo que está entre os melhores do mundo recebe menos do que o salário mínimo, em desportos que têm mais custos do que o normal. Muitas vezes são necessárias próteses, cadeiras de rodas, roupa adaptada e outros equipamentos especiais, o que faz com que ninguém consiga viver apenas disto. Um atleta sem deficiência nas mesmas condições recebe 1.375€...

A vergonha passa os limites quando o atleta é de nível 2, ou seja, ficou entre o 4º e o 8º lugar (recebe 386€ mensais) ou nível 3, quando fica entre o 9º e o 12º lugar (225€). É absolutamente ridículo. Todo o mundo vai estar a olhar para eles sem desconfiar que recebem trocos em troca da dedicação e do trabalho de uma vida. Ainda mais valor temos de lhes dar, porque fazer mais com menos já por si é talento passível de medalha.

Força Paralímpicos! Todos nascemos para brilhar!


Também deves gostar disto

5 comentários

  1. São os que costumam conseguir mais medalhas. Acho que têm um brio suplementar, uma força de carácter extraordinária.
    Se calhar ajudava os ditos "atletas normais" verem os treinos e os desempenhos em prova destes colegas, bem como os dirigentes dos ditos "normais"!
    Ah e dar-lhes os mesmos valores, claro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São mesmo uma inspiração para todos nós, espero que o apoio nacional seja palpável nos próximos dias :)

      Eliminar
  2. Tenho uma enorme admiração por estes atletas, seja qual for a sua nacionalidade,a força de vontade que eles revelam é surpreendente e a sua participação nos jogos é merecedora da mais bela medalha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Superam-se todos os dias, estes homens e mulheres dignos do respeito nacional :)

      Eliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal