Pessoas estranhas #44 - a colega com voz de homem

quarta-feira, dezembro 28, 2016

Ela é magrinha, morena, nem bonita nem feia, uma pessoa normal. Mas quis deus ou o diabo que nascesse com voz de homem. Está sentada no trabalho a dois metros de mim, e no início fiquei muito confusa. Ouvia um homem a falar, mas não via nenhum. Foi preciso habituação para me lembrar que que esta voz do além pertence a uma mulher.

O pior é que parece que tem orgulho da sua voz de bagaço misturado com rum, porque fala num tom que parece ter altifalantes junto à boca. Qual pirata dos sete mares, ouço a sua voz e imagino-a agarrada a um mastro, com pala num olho e papagaio ao ombro, porque o seu tom de voz é tão alto e efusivo que parece ter descoberto dois potes de ouro debaixo da secretária a cada 2 minutos.

Ao princípio causava-me estranheza, agora apenas sinto raiva e vontade de a matar. Se ela falasse como uma pessoa normal, mas não. O seu tom é tão exagerado que a ouço por cima da música. Não há Adolfo Luxúria Canibal, Fernando Ribeiro ou James Hetfield que sobreviva. Ouço a voz dela por cima deles todos, com o volume no máximo. Que maldição. Cala-te, mulher!!! Parece que tenho um transsexual a falar-me ao ouvido todo o santo dia! Vai fazer um casting para uma banda de heavy metal e deixa-me ter uma vida normal!


Também deves gostar disto

2 comentários

  1. Tenho umas primas com voz assim. O que me vale é a raridade de contacto porque também me faz confusão (será que há uma leva de pequenitas e magritas que sairam com a voz trocada?)

    ResponderEliminar
  2. Realmente não sei o que provocará uma coisa destas... mas conheço várias mulheres de voz mais grave e não são irritantes. Parece que esta faz questão de se fazer notar pela voz. É uma irritação!

    ResponderEliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal