Sonhos marados #30 - a revenda de frango

segunda-feira, janeiro 02, 2017

Perto de onde moro há uma casa de frangos assados que é a loucura. Está sempre cheia à hora das refeições e é ver as pessoas a fazer filas enormes e a aguentar-se à bomboca faça chuva ou o maior dos calores por um pedaço das pobres aves.

Ora no meu sonho, o meu namorado quis armar-se em empreendedor, e passou a ir buscar frangos, muitos frangos, nas horas mortas, e trazia várias bolinhas, desfiava o frango, e passou a revender aquele frango pelo qual os apreciadores de carne tanto babam, em sandes. Abria a janela da cozinha e apregoava as sandes de frango assado às pessoas que passavam, e até houve uma certa adesão quando os clientes se aperceberam de onde vinha aquele famoso frango.

O ponto alto no seu negócio foi quando a equipa de futsal feminino do Sporting foi jogar perto da casa dele, e as raparigas, esfomeadas, esgotaram-lhe o stock. Partilharam fotos no Facebook, e foi ver, nos dias seguintes, tudo esfalfado pelas sandes.

O ponto baixo foi quando o senhor dos frangos, o original, que passou décadas a apurar aquele molho oleoso e viciante, descobriu e foi lá partir-lhe a cozinha e a cara. Ai senhor Alfredo, desculpe lá, isto foi só um sonho. Continue a fazer essa serradura maravilhosa, a melhor do mundo, que eu, os frangos, dispenso-os.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal