Adão era um imbecil

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

"Quando vejo crianças deficientes (antes de mais, isto é um feito de Deus, não meu) cantarolando enquanto enfeitam alegremente os cabelos com os seus dejectos malcheirosos, penso em Adão naqueles dias pré-maritais. Eu sei que ele é o vosso tetra-até-ao-gray-n-avô e tudo isso - mas a verdade é que era um imbecil. Passeava-se pelo Paraíso com um sorriso beatífico estampado na cara, satisfeito com um Tudo tão pouco merecido que acabava por ser Nada, tão cheio de uma felicidade irreflectida que bem podia estar totalmente vazio. Apanhava flores. Chapinhava na água. Ouvia o cântico dos pássaros. Rolava nu pela relva luxuriante como um bebé num tapete de pele de ovelha. Dormia de noite com os membros estendidos e a cabeça imperturbada por sonhos. Quando o Sol brilhava, ele rejubilava. Quando a chuva caía, ele rejubilava. Quando nem o sol brilhava nem a chuva caía, ele rejubilava. Adão era o tipo de gajo que só funciona a uma velocidade. Até que surgiu Eva."

in Eu, Lúcifer, de Glen Duncan (2003)

Lúcifer relata-nos o que já sabíamos - antes de as mulheres aparecerem na vida dos homens eles eram apenas básicos. Tanto no Paraíso como na Terra, tanto no princípio dos tempos, como hoje e amanhã. A primeira foi Eva, que lançou o desafio e estabeleceu a fasquia de entusiasmo mesmo não fazendo nada de especial. Limitou-se a perguntar os porquês enquanto Adão rejubilava com os raios de sol na fronha. Que inveja tenho de Adão, tão lento e simples mas tão feliz com as pequenas coisas. Mesmo só tendo uma velocidade, como todos os seus descendentes.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal