Pessoas estranhas #52 - a porca sangrenta

segunda-feira, março 13, 2017

Tenho colegas muito porcas. Isso eu já sabia. Mas a senhora com o período que deixou dedadas de sangue no tampo da sanita deve ser das maiores.

É que se viam as impressões digitais cravadas nas manchas de sangue. What the fuck? Andou a meter o tampãozinho lá dentro e depois limpou os dedos ao tampo? Ou foi puro divertimento? Nojenta de merda!

Para não me sentir sozinha nesta indignação, até chamei uma colega para olhar para aquilo e ela ia-se vomitando toda. Estivemos quase para chamar o CSI do período mas quem é que se ia querer aproximar daquilo e recolher o ADN?

No dia seguinte a ver esta porcaria, outra vez a mesma coisa. Claramente o sangue não era tão abundante, por isso a porcalhona devia estar no fim do período. Não percebo, não consigo entender, como é que alguém consegue ser tão porca. Em casa deve ter empregadas para lhe limpar o cu e a rata sangrenta, depois vem para aqui, para uma casa de banho usada por centenas de mulheres, e não sabe o que fazer quando se tem as mãos sujas. Devias voltar à escola, sua porca, e para o ensino público, a ver se te ensinavam as regras da boa educação e da vida em sociedade sem empregadas para limpar o teu rasto nojento.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal