re(descobertas) musicais #15 - o novo álbum dos Bush, uma valente cagada

terça-feira, março 14, 2017


Fiquei algo entusiasmada por existir um novo álbum dos Bush. Não é que seja a maior fã da banda, mas adoro algumas músicas, como "Chemicals Between Us", uma poderosa rockalhada, ou "Letting The Cables Sleep", uma música calminha mas cheia de personalidade e com tudo no sítio certo, ou ainda "Glycerine" ou "Swallowed".

Eram uma banda rock decente, liderada por um homem que muito admiro, Gavin Rossdale, tanto no mundo musical, com boas apetências na guitarra e uma voz rouca característica, como fora dos palcos, por exemplo, sendo um fervoroso amigo dos animais. Há também quem o vá acompanhando por razões mais cor-de-rosa, como o seu recente divórcio de Gwen Stefani, que deixou muita mulher com um corrimento vaginal mais acentuado.

E por isso foi com curiosidade que fui ouvir o "Black and White Rainbows", lançado na semana passada. E é das piores coisas que já ouvi, do princípio ao fim. Sim, ainda insisti até ao fim a ver se havia alguma coisa que se aproveitasse, mas não. Vá, há uma que não é um completo falhanço - "Dystopia". Não passa de um álbum popzinho com tentativas de ser romântico, mas que saiu completamente sem personalidade e igual a tantos outros.

Até a voz de Gavin Rossdale está mais fraquinha, normaleca, agarrada ao rabo. Há até músicas que parecem não bater certo, como se a métrica estivesse errada. Enfim, uma desilusão. Gavin, não sei se a Gwen Stefani era a tua musa inspiradora... mas tu faz-te à vida homem.

Coloco aqui uma música do antigamente e uma deste álbum para que possam ver se sou eu que estou errada, ou isto é mesmo uma cagada.

Antes:



Agora:

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal