Wrong

quinta-feira, setembro 10, 2009


"There’s something wrong with me chemically
Something wrong with me inherently
The wrong mix
In the wrong genes
I reached the wrong ends
By the wrong means
It was the wrong plan
In the wrong hands
With the wrong theory
For the wrong man
The wrong eyes
On the wrong prize
The wrong questions
With the wrong replies"


Depeche Mode - "Wrong"
in Sounds of the Universe (2009)


Há algo de errado comigo. Sinto que não estou em consonância com o ambiente que me envolve. Sinto que devo fazer algo, mas ainda não descobri o quê. Estou em falta com alguma coisa. Sinto-o. Esta ambiguidade não pode ser o meu estado normal. Não posso simplesmente saltar entre dezenas de humores em poucos minutos. Dá cabo de mim. Entre o aborrecimento e a hiperactividade, a alegria inexplicável e a tristeza absoluta, entre a motivação e a resignação, deve existir um sentimento "médio" que possa roubar para mim. Estabilidade.

Sinto que nasci no sítio errado, sobre as circunstâncias erradas, no dia errado. E hoje, erradamente me vejo por pensamentos errados que me não me deixam estabilizar. Quero deixar de andar um palmo acima do chão e tornar tudo certo.

Também deves gostar disto

1 comentários

  1. Às vezes, até quando pensamos ter atingindo a estabilidade desejada, e até a podemos ter atingido de certa forma, não conseguimos sacudir aquela sensação de que está algo errado. Senão agora, está para acontecer.

    ResponderEliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal