Faust Arp

quarta-feira, março 10, 2010

"Squeeze the tubes and empty bottles
Take a bow, take a bow, take a bow
It's what you feel now.
(...)
An elephant thats in the room is
Tumbling, tumbling, tumbling.
(...)
Dead from the neck up
Guess im stuffed, stuffed, stuffed.
We thought you had it in you
But no, no, no.
(...)
I love you but enough is enough, enough."

Radiohead - "Faust Arp"
in In Rainbows (2007)


VER VÍDEO

Lateja a cabeça de tão cheia. Tudo entalado, entupido, os ralos cheios de porcaria e restos que vão ficando amontoados abandonados deixados ao desinteresse. Tenho medo de deixar a água passar e limpar o que já passou. As garrafas vazias viro-as ao contrário abano-as freneticamente, pois quero mais do que já foi. À procura de pingas do ontem, que essas já não nos tiram.
Sento-me descanso penso abro os olhos e um elefante ocupa todo o meu espaço aperta-me sufoca-me não consigo respirar. Rebenta o elefante balão, o ar vaza, voa pela janela, volta, elefante, sinto a tua falta, ocupa o meu espaço, preciso da minha cabeça cheia de ti.
Tantas vezes queria não sentir do pescoço para cima, ser autómato máquina robot; não, mentira.

A cabeça cheia, tudo entalado, entupido, os ralos cheios de porcaria, porque ando às voltas evitando pensar no que tenho de pensar e não quero pensar pois se pensar pode ser que não pense nunca mais.




Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal