Portugal dos pequenitos e homofobia gigante

sexta-feira, maio 01, 2015

Viver neste país é abrir os olhos de manhã e esperar para ver que merda inventaram para aquele dia.

Um dos cagalhões mais recentes saídos do cérebro carcomido de um merdas qualquer é a proibição dos homossexuais darem sangue. E mais. Podem dar sangue, na condição de estarem em abstinência sexual.

Esta posição não tem ponta por onde se lhe pegue. Estamos a partir do pressuposto de que é mais perigoso um gay dar sangue do que uma puta ou do que um viciado em heroína. Ora vejamos, se:

1) o sangue é sempre testado antes de ser utilizado
2) estamos a recusar sangue potencialmente em condições de salvar vidas
3) não se está a considerar se o dador faz sexo com proteção
4) está-se a partir do princípio de que os homens homossexuais só fazem sexo anal
5) estão a esquecer-se das mulheres que também gostam de levar com ele no rabo incessantemente 

Vistas estas e outras razões, não valia a pena deixarem de ser tacanhos homofóbicos e trabalharem para um bem maior, que é salvar vidas? Ou têm medo de acabaram na cama de um hospital e levarem com uma transfusão de sangue de um gay? Têm medo de acordar com uma súbita vontade de levar nas nalgas? Tomem juízo e mudem-se para este século!


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal