Pessoas estranhas #5 - A mulher que me vai levar ao suicídio ou à loucura

quarta-feira, dezembro 23, 2015

Não, não é a minha mãe.

É uma colega de trabalho, que até é boa pessoa. E como é que uma boa pessoa me pode levar à loucura? Por ser demasiado focada no trabalho, por se preocupar com coisas que pouco interessam e por ser tão perfeccionista que me chega a telefonar fora de horas para mudar uma vírgula numa frase.

Estas são algumas situações reais que a pessoa já me fez passar:

- Cheguei ao trabalho e deparei-me com vários emails dela com carácter de urgência. Paniquei! Será que os sistemas foram abaixo? Será que uma horda de clientes zangados invadiu as nossas lojas? Há algum incêndio? Não. Mas faltava um ponto final no final de um parágrafo, que é quase a mesma coisa.

- Já me fez telefonemas de mais de 20 minutos, em que eu já só respondo "hum-hum" a segurar o telefone no ombro, para me pedir para substituir uma palavra por outra num texto. Para isso, conta-me a História do surgimento da Língua Portuguesa, a sua evolução e aplicação, a origem da palavra em questão, até chegar ao momento em que finalmente me pede a alteração. 20 minutos.

- Já ficou magoada comigo por eu lhe dizer que não alterava uma imagem por outra. Eu é que uso o Photoshop, faço centenas de imagens por dia, mas ela não aceita que aquela foto da Angelina Jolie não se enquadra num espaço vertical. "Mete espaço branco em cima! Vá lá! Ela está com uma pele tão radiante nesta foto". "Não". ":-("

- Ela mete tudo o que quer dizer no assunto do email. "Subject: olá bom dia, tudo bem? já sabes quando me consegues enviar as visualizações do...".  E aqui acabam-se-lhe os caracteres.

- Ela liga-me para me dizer que acabou de me enviar um email. E caso eu não a atenda (já nunca a atendo, não consigo), vem falar comigo no chat a dizer que me enviou um email. Caso eu desligue o chat, ela manda-me uma mensagem. Caso eu não responda, ela manda-me um email a dizer, no subject, claro, "tava a tentar falar contigo ao telefone, no chat e no telemóvel porque te mandei um email. viste?".

- Tudo o que ela pede é urgentíssimo e com grande prioridade. Assistência ao cliente? Resolver problemas de stock? Fazer um grande lançamento de um produto? Fugir de um terramoto? Não. Para ela, as grandes urgências são sempre alterar uma vírgula, meter uma letra em caixa alta, cortar uma palavra ou colocar mais uma.

Porque é que não a mando para o caralho? Porque apesar de ser uma chata de merda, sei que ela é boa pessoa, e já tenho muitas más pessoas na minha lista negra para mandar para o caralho. Mas há dias em que me passa pela cabeça matá-la, matar-me ou dar entrada num manicómio.

Às vezes também penso em simular a minha própria morte. Como estamos em pisos diferentes era capaz de resultar durante um tempo. Ou então receberia emails com o assunto: "porque te foste tão cedo? tão nova? tinhas de morrer? agora quem vai corrigir as vírgulas?".


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal