Pessoas estranhas #43 - a mãezinha e o cuspo

quinta-feira, novembro 24, 2016

Estação dos comboios. Um menino com cerca de 8 anos diz à mãe que tem algo para cuspir. Ela responde-lhe que vá cuspir para a linha do comboio. E lá foi ele, soltando a sua gosma e vendo-a pulverizada pelos raios de luz que a essa hora incidiam com força. Passado um minuto lá estava ele a cuspir outra vez, andando para lá e para cá, vendo o cuspo iluminado elevar-se e abater-se sobre os carris, vezes sem conta.

A mãezinha, na boa, sorrindo perante o divertimento velhaco do filho. O que é que aconteceu aos lenços de papel? Já não se usam para depositar gosma e para serem posteriormente deixados no lixo? O que é que aconteceu à boa educação e aos bons exemplos? Aquele rapaz vai tornar-se noutro nojento que vai andar a cuspir para o chão por divertimento, até se tornar num velho cheio de gosma por deitar fora e com a garganta arranhada de tanto a puxar, com voz de bagaço e cheiro a mofo.

Pouco nos separa dos animais (irracionais).


Também deves gostar disto

2 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal