Pessoas estranhas #59 - os funcionários e a direcção da Escola Secundária de Vagos

sexta-feira, maio 26, 2017

Duas alunas foram vistas a beijarem-se nesta escola. O escândalo, o horror. Um "comportamento perturbador", nas palavras dos funcionários que viram e que foram fazer queixa à direcção da Escola Secundária de Vagos.

As raparigas foram chamadas e foi-lhes dito que não podiam proceder mais a esse tipo de comportamento, sob pena de surgirem consequências. Ora essa ameaça que, em pleno século XXI faz tanto sentido como a existência de touradas e a tortura de animais em festas da terrinha, foi retaliada exemplarmente pelos alunos da escola.

Movidos pelo sentimento de empatia e de injustiça, organizaram um protesto. Fizeram cartazes, entoaram palavras de ordem, fizeram vídeos que espalharam pelas redes sociais. Porque eles sabem o óbvio - que a orientação sexual não se escolhe, e ao contrário do que acontecia nas gerações anteriores onde tudo era reprimido, não faz sentido esconder, como se fosse uma doença contagiosa e motivo de vergonha.

Agora, todos os alunos envolvidos nesta mostra de amizade e contra o preconceito vão ser alvos de processo disciplinar. Porque faz todo o sentido castigar os jovens que, não fazendo mal nenhum a ninguém, mostram espírito de união contra aquilo em que acreditam.

Muito isto nos diz, especialmente quando são os mais novos o exemplo e motivo de orgulho. Espero que os pais deles vejam este acto exactamente com orgulho, porque estão a criar como deve ser as próximas gerações, as mentes que se querem abertas e a lutar por causas e pela igualdade de direitos.

Parabéns a estas alminhas! Vocês são fantásticos!

Via Sábado.





Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal