Tunnels

segunda-feira, fevereiro 22, 2010


"And if my parents are crying
then I'll dig a tunnel
from my window to yours,
yeah a tunnel from my window to yours.
You climb out the chimney
and meet me in the middle,the middle of the town.
And since there's no one else around,
we let our hair grow long
and forget all we used to know,
then our skin gets thicker
from living out in the snow."


Arcade Fire - "Neighborhood #1 (Tunnels)"
in Funeral (2004)



No universo paralelo que acontece depois de tudo o resto acabar. Que existe quando ninguém está a olhar. Quando a noção do nós é afastada da dita realidade. Aqui, onde os desejos mais puros vêm ao de cima, e seriam impossíveis de esconder, se este fosse o mundo real. Aqui, neste espaço e tempo intermédios, a razão pára, e os minutos também, sobrevivem os cheiros e o tacto, o sabor intensifica-se. As memórias que vão sobreviver daqui serão mais fortes do que todas as anteriores.

Nos túneis que tiver de atravessar para aqui chegar, não irei planear, nem pensar, apenas desfrutar do escuro e do vazio proporcionados. Criar o meu zero. Tentar, quando já estiver debaixo de luz. E a tua silhueta sem rosto, em contra-luz. Tudo por fazer.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal