Por Fora

segunda-feira, março 01, 2010


"Entrar em ti e tu estares toda lá dentro como estás por fora. (...) Entrar em ti e ir reconhecendo pouco a pouco no meu entrar a mulher que amo até à estupidez. Reconhecer encontrar dentro o que amei fora. (...) Amar-te no prazer e rebentar"


in "Em Nome da Terra", de Vergílio Ferreira



Porque és de todas as maneiras, porque és o que é suposto, como deve sempre ser, porque não usas uma capa, porque o teu dentro é o teu fora, sim, tu és inteiro.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal