Borras da felicidade

segunda-feira, maio 25, 2015

Há uns dias atrás apanhei umas colegas a sair do elevador. Uma delas estava a contar uma história que lhe tinha acontecido naquela manhã.

"Então eu mudei a fralda ao meu filho antes de sair de casa. Cheirou-me a merda o caminho inteiro para o trabalho, pensei que tivesse o cheiro entranhado na roupa... Mas quando cá cheguei vi que tinha um bocado de cocó na mão!"

As suas colegas fartaram-se de rir, e eu também me ri por dentro, até pensar que aquela porca não lava as mãos depois de mudar a fralda ao filho. Portanto a senhora acha piada estar a tocar no botão do elevador, nas portas, nos telefones, no rato, no teclado, na secretária, no frigorífico, nos torniquetes, nas cadeiras, a espalhar merda por todo o lado.

Provavelmente já tocou no ombro de uma colega, partilhando um momento íntimo e também uma hemorroida.

Fico parva em como estas gajas têm tanta mania que são finas, e se calhar quando têm saudades dos filhos metem o dedo no cu e cheiram.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal