Quem votar no PSD é parvo

terça-feira, setembro 22, 2015

As sondagens de ontem indicam que o PSD vai à frente na corrida às legislativas, com mais de 40% da intenção de voto.

Parece uma anedota, não é? Se calhar é, e eu é que tenho pouco sentido de humor para me rir. É que só pode ser uma história inventada para nos rirmos um bocado nas tascas e esplanadas por aí fora. Porque não é possível que o tuga vá votar nos mesmos outra vez.

Ou se calhar isto é a sério, e o português afinal é gajo para levar no rabinho, sangrar, ficar a doer cada vez que caga, e ainda gostar. Afinal, o tuga gosta de trabalhar cada vez mais e de receber cada vez menos. Gosta de pagar mais IVA, impostos e adora descontar o ordenado quase todo. Gosta de ver o pessoal emigrar por não arranjar emprego, no fundo essa gente era uma seca e é fixe vê-los pelas costas. Gosta de não ter trabalho, porque receber do fundo de desemprego é melhor. Ah, mas já quase não há subsídios. Não há problema, o tuga está gordo, precisa de passar fome, e o cinto é para apertar como manda o nosso amigo Passos.

O português gosta de ver empresas locais a fechar, greves a acontecer, os preços a aumentar, a qualidade de vida a descer a pique. Gosta dos hospitais a abarrotar, das taxas, das portagens, do fim dos feriados, enfim, o tuga está satisfeito.

Às vezes também me esqueço que Portugal está cheio de gente rica. Quem vai votar no partido que nos partiu a vida, a carteira e nos penetrou por trás, é porque tem muita margem de manobra na conta bancária. É porque não tem muitos problemas com isto, crise não é para eles. E há muita gente assim, muita mesmo. Espero que vocês nunca venham a ter dificuldades na vida e não desçam à classe média porque, amigos, é uma luta diária. Nós fazemos contas, sabem? Contamos tostões, dizemos que não a quase tudo para amealhar uma miséria.

Que se lixem estes betos satisfeitos que sempre tiveram tudo e que nem sentiram na pele a mais pequena comichão nos últimos anos. Eles não sabem o que é sobreviver. Só sabem escolher o pólo da Lacoste que mais gostam ou o fio de ouro com a cruz mais gira. Continuem lá na JSD a mandar as franjas para o lado e a mostrar os sapatos de vela aos amigos da linha.

Quem votar no PSD é parvo. Quem votar no PS, desenganem-se, também é. Existem tantos partidos. Informem-se. A continuidade não é resposta. São sempre os mesmos a ganhar, desde há tanto tempo, e só nos enterramos cada vez mais. Quem sabe se a resposta não está em sangue novo e numa mudança radical de paradigma.


Seja como for, levantem o cu do sofá no dia 4 de outubro e vão votar. Quem não for, não se queixe que o chicote dói.





Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal