Pessoas estranhas #42 - o meu chefe mãos largas

terça-feira, novembro 22, 2016

"Compra-me lá uma rifa, para ajudar a associação dos gatinhos abandonados onde sou voluntária".
"O que se ganha?"
"Tupperwares, da marca Tupperware. São de vidro, e caros."
"Quanto é a rifa?"
"1€."
"O quê?? 1€ para ganhar tupperwares? Nem uso!"
"Importa assim tanto o prémio? A causa não conta?"
"Eu fico com uma... depois... quando tiver trocos. Já compras um saco de areia, que numa associação deve dar para quê? Uma semana?"

Com esta conversa de merda reafirmo que quem mais tem, menos dá. Ao meu chefe, que ganha muito mais do que eu, custa-lhe dar 1€ para uma rifa para ajudar animais abandonados. Isto mesmo antes de sair para ir ao sushi e gastar 30€ numa refeição e mais 20€ numa garrafa de vinho. Não usa tupperwares porque simplesmente não come restos. Não traz comida para o trabalho, porque come fora todos os dias. Quem está assim tão confortável na vida, nem lhe passa pela cabeça, ou não querem saber, que outros seres possam sofrer. A vida é boa. Esplanadas, cervejas ao pé do mar, selfies no spa, iPhones de 800€, carros novos, e olhos que não vêm, carteira que não sente, coração que não vê.

Ah, e ó anormal, gastam-se uns 5 sacos de areia por dia.

Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal