A beleza mórbida de Black Mirror

sexta-feira, novembro 11, 2016

A série "Black Mirror" é uma das melhores coisas que aconteceram nos últimos anos. É simplesmente brilhante e todos deviam ver. Cada episódio representa uma história isolada, realizada e interpretada por pessoas diferentes, por isso se apanharem um episódio aqui e ali não se acanhem de ver.

Cada episódio mostra-nos o lado negro da tecnologia, seja no presente ou num futuro que pode estar mais perto do que pensamos. Apresenta-nos, de uma forma assustadoramente natural, as novas formas de terrorismo, de bullying, de nos magoarmos uns aos outros através de tecnologias já existentes ou que estejam muito perto de existir. São formas de nos separar, de nos isolar, de nos julgarmos, de nos relacionarmos, sempre por trás de um ecrã, de pixels, de leds, da robótica, que mudarão a nossa vida para sempre.

É assustador, é terrível, faz-nos temer o que aí vem. Até porque o final nunca, ou quase nunca, é minimamente feliz. É uma lição, um "abre-olhos", um pé no travão genial e de uma beleza sensorial e gráfica extraordinária que nos mexe com os nervos, nos faz pensar e emocionar, nunca se desligando do darkside da coisa. Não deixem de ver, se tiverem oportunidade. Está no Netflix.



Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal