"Birdman" voa tão alto

quarta-feira, janeiro 21, 2015

Os Óscares aproximam-se e ainda me falta ver três candidatos à categoria de Melhor Filme, mas não posso deixar de levantar o chapéu a Birdman.

Que filme, que realização, que interpretação de Michael Keaton. A filmagem contínua está perfeita e integra-se completamente com a evolução da personagem principal, que já tem problemas existenciais suficientes quando o filme começa, os quais vão aumentando e ficando mais negros à medida que o fim se aproxima.

O realizador Alejandro González Iñárritu superou-se, viu a luz, viu deus, não sei, sei que merece todos os louvores e o meu agradecimento por este olhar tão cru e tão negro, que nos oferece o egocentrismo absoluto, a obsessão, a vontade de ser o melhor, a depressão, a loucura, o azar, a luta desesperada pelo prestígio.

Esta tem de ser a interpretação da vida de Michael Keaton, que é um autêntico Cavaleiro das Trevas da alma e que deixou tudo neste filme, o seu suor, sangue, lágrimas e, provavelmente, parte da sua vida.

Não é um filme para qualquer um. Eu aplaudo de pé!


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal