Onde iremos parar com tanta tecnologia?

quarta-feira, julho 25, 2018

Hoje vi esta notícia. Basicamente, a McDonald's nos EUA vai, até 2020, substituir toda a mão-de-obra humana por ecrãs de led's no atendimento. Isto porque o aumento do salário mínimo está, pelos vistos, a inviabilizar a contratação de pessoal e há que reduzir custos... E se pensam que isto acontece apenas ao balcão, está a ser desenvolvido, por exemplo, o robô Flippy, que vira hamburgueres. Não demorará a existir um que tire as batatas do óleo e meta sal, até parece uma operação bastante simples para quem pôs um foguetão na lua.

É claro que as consequências sociais são mais que muitas, especialmente na empregabilidade jovem. Metade dos trabalhadores com ordenado mínimo são jovens entre os 16 e os 24 anos e é o primeiro emprego de muitos deles. São milhares e milhares postos de trabalho que se extinguem e, visto que o exemplo vai ser seguido por outras cadeias, estamos a falar de números preocupantes.

E se pensarmos que estamos a falar de uma das maiores marcas do planeta, com lucros astronómicos e que nem eles estão dispostos a pagar um mísero ordenado mínimo, o que esperar das outras empresas?

A tecnologia faz muito por nós e facilita-nos a vida mas também está a estragá-la. Este é apenas um exemplo de que como a evolução tratou de rebaixar o trabalho humano, e veremos disto cada vez mais. Não admira que já pouco se deseje os bons dias, que haja cada vez menos empatia e simpatia. Passamos o dia colados a aparelhos electrónicos - olhamos para eles, falamos para eles, trabalhamos com eles, interagimos, damos ordens, registamos, confirmamos e com eles acordamos.

Deixamos de saber falar cara a cara com os outros, pedir e agradecer, olhar e sorrir, porque os pixeis e os 0 e 1's não nos exigem grande coisa. A vida está a aproximar-se daqueles cenários que vemos em filmes futuristas ou em séries do género Black Mirror, e é assustador. O mundo está a mudar e acho que não é para melhor.

Também deves gostar disto

2 comentários

  1. A ficção cientifica está a tornar-se a mais pura das realidades... e a regressão também: hoje vi a notícia de alguém do futebol, com muitos fãs nas redes, que não acredita que o homem foi à Lua e discutem tal assunto... estamos mal, bem mal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho pena das gerações mais novas... nascem ensinados e preparados para isto e nunca vão conhecer o prazer de uma vida fora dos pixéis. Já dizia o título do Valter Hugo Mãe, é a desumanização :/

      Eliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal