Sonhos marados #39 - o exterminador do pilates

sexta-feira, março 23, 2018

O Exterminador Implacável tinha saído do ecrã e andava pelas ruas determinado a acabar com a raça humana. Um ciborgue com a aparência do Arnold Schwarzenegger espalhava o terror, destruindo edifícios, lançando granadas, usando a sua metralhadora contra tudo o que se mexesse. Invencível e indestrutível, percorria as estradas, avenidas e ruelas enquanto os militares faziam o melhor que podiam para evacuar os sobreviventes para não sei onde... E foi aí que consegui entrar para um camião escuro e apinhado de gente.

Cheirava a suor, a fumo, as pessoas tinham fome, sede e medo. Eramos refugiados, sem destino e sem esperança. Mas nisto reconheço uma cara ao fundo do camião. É uma colega minha que está a ouvir música no telemóvel, provavelmente para se distrair da destruição. Ela vê-me, acena-me, senta-se perto de mim e diz:

"Olá! Então, amanhã vais ao pilates?"

E eu respondo sim, claro que sim, que não faltaria a uma aula, especialmente agora que tinha ali uma dor de lado e que precisávamos de descontrair. E a vida prosseguiu o seu caminho no meio do terror aliviado pela perspectiva da aula até ao momento em que acordei e me apercebi que era mesmo dia da aula de pilates. I'll be back!


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal