O meu pequeno momento de glória

sexta-feira, janeiro 19, 2018

Ontem, quando ia apanhar o comboio para casa, ouvi aquele apito que avisa que as portas vão fechar, estava eu mesmo a chegar ao topo das escadas rolantes da gare. A maior parte de mim sabia que era impossível chegar à porta mais próxima, que estava a uns 10 metros, antes que ela se fechasse.

Mas tenho o cérebro apanhadinho de tantos comprimidos para a rinite e constipações, e as minhas pernas não obedeceram ao cérebro. Desatei a correr como se a minha vida dependesse de apanhar aquele comboio e como se não houvesse outro dali a 10 minutos, já a visualizar levar com a porta na tromba e passar uma vergonha.

Nisto um senhor grita "VAI, VAI, VAI", e talvez entusiasmada com o apoio, chego àquelas portas que estão quase fechadas e contorço-me por entre elas como uma atleta do salto à vara. Nem lhes toco com a ponta da mochila, foi uma entrada imaculada e gloriosa. Fiquei mesmo contente e agradecida pelo meu peso-pluma e horas no ginásio, só para ter este pequeno momento de glória. Podia jurar que ouvi o senhor a bater palmas, mas pode ter sido apenas a ilusão do deslumbramento da vitória.

Infelizmente a vida prosseguiu como sempre, mas foram uns bons segundos da minha vida.


Também deves gostar disto

2 comentários

  1. Todos nós que usamos combóio já, uma vez ou outra, tivémos um momento glorioso :-)
    (Pobre jovem do salto à vara!)
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Até ouvimos a WE ARE THE CHAMPIONS em fundo :P eheh bom fim de semana!

    ResponderEliminar

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal